Pedra do Baú, o cartão postal da Serra da Mantiqueira

A Pedra do Baú é uma formação rochosa que integra o complexo do Baú, um conjunto de rochas e trilhas localizada em São Bento do Sapucaí, em plena Serra da Mantiqueira e a quarenta minutos da cidade de Campos do Jordão, e que devido a essa proximidade tornou-se uma das principais atrações da charmosa “Suíça brasileira”.

O complexo do Baú é formado por três rochas, sendo a mais alta a Pedra do Baú com 1.950 metros de altitude, seguida pelo Bauzinho com 1.760 metros e a Ana Chata com 1.670 metros de altitude.

O caminho a partir de Campos do Jordão é muito tranquilo, com exceção dos últimos quatro quilômetros o restante da estrada é toda asfaltada. Chegando ao complexo é cobrado uma taxa dez reais por visitante, que dá direito ao estacionamento, que fica bem próximo a portaria, logo na entrada também estão os banheiros e um quiosque com biscoitos, caldo de cana, salgados e água, assim como o inicio da estrada que leva as trilhas.

O trajeto de subida é curto, menos de dez minutos chega-se ao primeiro ponto de parada, um observatório com uma bela vista para a pedra, ali também parece haver uma rampa para voo, porém no dia em que estivemos por lá ninguém se aventurava nela. Mais alguns minutos de caminhada e chega-se ao começo das trilhas. Para idosos e crianças pequenas é liberado subir de carro até este ponto.

As trilhas

Existem quatro trilhas no complexo, a primeira é a trilha do bauzinho com 470 metros de extensão (ida e volta), aproximadamente 30 minutos e de nível fácil, várias crianças faziam-na quando estivemos lá, porém a partir de certo ponto começa a ficar mais estreita e segue por cima da pedra, a segurança é menor e não é aconselhável seguir a partir deste ponto com crianças.

A segunda trilha é a Ana Chata, com 3,8 km de extensão (ida e volta) é considerada de nível moderado e leva aproximadamente 2 horas de caminhada, no percurso é possível encontrar pequenos animais e um mirante.

A terceira trilha é considerada de nível difícil, com 4 km de extensão (ida e volta) e leva ao ponto principal do complexo, a Pedra do Baú. No caminho é possível encontrar animais pequenos e ao final tem-se uma das mais belas vistas da Serra da Mantiqueira.

A última não é uma trilha como as outras, mas uma via de escaladas, divididas em três partes, duas subidas te levam a pedra do bauzinho e a subida maior na Pedra do Baú. Nestas, há necessidade de auxílio de um guia e equipamentos adequados para escaladas.

Pôr do sol

Para subir a Pedra do Baú o ideal é chegar cedo, pela manhã, pois a trilha é bem longa e ao final da tarde não é aconselhável, pois não é recomendado fazer essa trilha no escuro.

Ao final do dia o ideal é estar na Pedra do Bauzinho, e curtir o pôr do sol, com a Serra da Mantiqueira ao fundo e a grandiosa Pedra do Baú incorporando a paisagem. A vista da pedra, que já é espetacular, fica ainda mais incrível, nós ficamos lá admirando o espetáculo, sentados nas pedras até o fim e podemos garantir que vale a pena. O caminho de volta após o sol se esconder é curto e a estrada larga, sem nenhum risco aos visitantes.

<<Veja mais fotos da Pedra do Baú e de vários outros destinos em nossos perfis no Instagram

@clicsdeviagens e @clicsdeviagensonboard>>

Melhor época para visitar

A Pedra do Baú pode ser visitada a qualquer época do ano, no entanto é bom ressaltar que em períodos muito chuvosos não é tão aconselhável realizar esse passeio, para evitar qualquer possível acidente, sem contar que o ideal é estar um dia ensolarado, para curtir todo o visual da serra da Mantiqueira.

Dados:

Valor da entrada: R$10,00 por pessoa (incluso estacionamento).

O que levar: água, lanche leve ou biscoito, agasalho, calçado adequado, maquina fotográfica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.