O que fazer em Poços de Caldas?

A cidade de Poços de Caldas é um importante pólo turístico do estado de Minas Gerais desde séculos passados, principalmente devido a suas fontes de águas sulfurosas. A cidade teve grande visibilidade devido aos poderes medicinais atribuídos as águas que ali brotavam, e foi muito requisitada pela alta aristocracia brasileira na década de quarenta, período em que estavam no auge os jogos em cassinos. O Palace Cassino foi um dos locais mais frequentados da região, juntamente com o Palace Hotel, onde se hospedavam inúmeras autoridades e artistas do país, como Carmen Miranda e o presidente Getúlio Vargas, este inclusive mantinha uma suite no Palace Hotel com decoração idêntica a de seus aposentos no Palácio do Catete, no Rio de Janeiro, que na época era sede do governo federal.

Atualmente a cidade mantem sua fama turística, no entanto com um publico muito diferente ao existente no passado. Hoje a cidade não possui mais um cassino, devido a proibição desse tipo de atividade no país, mas os banhos nas piscinas de águas sulfurosas ainda tem atraído muitos visitantes.
Embora os banhos sejam os grandes atrativos, não são os únicos, e a cidade possui inúmeros outros afazeres.

Teleférico
O teleférico de Poços de Caldas é considerado um dos maiores do país, com uma extensão ao de 1500 metros. É possível comprar o bilhete e embarcar no teleférico no centro da cidade, o aparelho sobe até o alto da Serra de São Domingos a 1600 metros de altitude, onde se tem uma vista panorâmica da cidade e da região.

 

Cristo
Situado no alto da Serra de São Domingos, o cristo é o ponto turístico mais visitado da cidade. Para chegar até ele pode-se usar o teleférico, como citado acima, ou ir de carro. Neste local também existe um aquário e um ponto de saltos de paraglider, além de saídas de pistas de down hill.

Pedra Balão

Um conjunto de pedras formadas por erosões, localizadas também na serra de São Domingos. O local embora seja particular tem entrada gratuita, mas embora interessante, o único atrativo por lá é tirar algumas fotos. É possível combinar esse passeio com a visita ao Cristo, caso esteja subindo a serra de carro, primeiro vá até o Cristo depois passe pela pedra balão para conhecer. Caso suba de teleférico até o Cristo, não é tão fácil chegar a pedra, pois o caminho é um pouco longo.

Recanto Japonês

O recanto japonês é muito bem conservado, com belos jardins e uma excelente organização. Para chegar é possível ir de carro próprio ou pegar um taxi, pois fica próximo ao centro. No local tem um pessoal alugando quimonos japoneses para tirar fotos, o preço é baixo e a procura parece ser grande, e como é só tirar foto e devolver a roupa, não tem fila e nem espera.

 

Relógio Floral e Jardins
O relógio floral é um relógio construído em meio a um jardim, ou melhor seus números são formados por plantas e seu entorno esta repleto de belos jardins, Poços de Caldas é assim… repleta de bonitos jardins, em todas as praças do centro é possível admira-los, sempre floridos e bem cuidados. Ainda no centro, existe um parque todo arborizado e muito bem cuidado, ideal para um passeio ou um descanso no decorrer da tarde, ou ainda levar as crianças ou mesmo para namorar.

Cachoeira Véu das Noivas

A cachoeira Véu das Noivas é uma cascata formada por três quedas d’água que atravessam um pequeno parque, há também no local passeio de trenzinho e venda de artesanatos. A cascata é somente para apreciação, não é possível tomar banho, mas mesmo assim atrai muitos turistas.

Cachoeira Véu das Noivas

Fonte dos Amores

Um lugar muito procurado pelos visitantes, mas sem muitos atrativos, então caso tenha pouco tempo na cidade dê prioridade a outros pontos.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.